Americana apresenta solução efetiva para a ETE Carioba

O prefeito de Americana, Omar Najar, e o superintendente do Departamento de Água e Esgoto (DAE) de Americana, Carlos Cesar Gimenez Zappia anunciaram, no dia 12 de novembro, a implantação de um projeto piloto com uma nova tecnologia para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Carioba. A previsão é começar a instalar a unidade experimental no dia 23.

“Fico muito contente com a técnica apresentada pelo DAE, que buscou uma solução efetiva para o tratamento de esgoto junto à empresa KEVIVA, de Curitiba, uma tecnologia da Alemanha, que tem um dos melhores tratamentos de esgoto do mundo. Este ano, conseguimos, com muito esforço e empenho do DAE, entregar a ETE Balsa-Gruta, e agora anunciamos o projeto piloto para a nova ETE de Carioba, num sistema de módulos, que pode ser ampliado conforme a necessidade da cidade”, explicou o prefeito Omar Najar.

Carlos Cesar Gimenes Zappia, superintendente do DAE Americana, ressaltou que a ETE Carioba deverá voltar a ser referência em tratamento de esgoto na região. “Trabalhamos para buscar e apresentar uma solução efetiva para a ETE Carioba. O processo de licitação para a reforma da ETE Carioba irá acontecer em dezembro, já está em andamento, precisamos que ela volte a ser um marco em tratamento de esgoto. A opção é a tecnologia de lodos ativados, princípio de tratamento mais efetivo e estabilizado que há no mundo, fazendo os tratamentos primário, secundário e terciário. O projeto que será implantado pela empresa, sem o custo inicial, porque ela quer buscar a tecnologia local, tendo em vista a caracterização do esgoto doméstico e industrial juntos”, disse Zappia.

Segundo ele, atualmente a ETE Carioba funciona com a tecnologia de filtros biológicos, sistema que era disponível na década de 70. “Podem ser bem funcionais, mas na época foram subdimensionados para a atividade que seria o tratamento de esgoto tanto industrial como doméstico. A eficiência será de 90% e o piloto irá reproduzir as condições do sistema que será operado futuramente. O piloto vai operar o tempo necessário para que seja possível fazer os ajustes, de um mês a três meses”.

Sobre a reforma da ETE Carioba, processo que está em andamento, o objetivo é a recuperação da estação, para que a unidade volte a trabalhar e a produzir como era no início da sua operação. O cronograma de obras será apresentado pela empresa construtora. O edital de licitação foi publicado na sexta-feira (13) no Diário Oficial do Município (DOM). O plano de ampliação da ETE é um dos estudos que o projeto piloto vai determinar.